Apontamentos do que vai mal por aqui, mas sem esquecer os elogios, se os houver!

20
Jul 08

Como é que algumas Câmaras podem funcionar bem, se os serviços estão dispersos por todo o lado?  Veja-se o exemplo da Câmara de Lisboa, com Departamentos em Santos, Saldanha, Entrecampos, Marquês de Pombal, Campo Grande, Av. da Liberdade, ufa... Basta arranjar-se um guia turístico e, se formos a cada Departamento, já ficamos a conhecer Lisboa de ponta a ponta. Assim, não há agilização de processos que aguente, não há Simplis simples. Apenas uma grande canseira! Ainda com o risco acrescido de se ver muita papelada perdida nos envios internos. E os custos disto tudo? Sim, temos o direito de o questionar, já que somos nós, como cidadãos, que pagamos. Imagino a quantidade de dinheiro que se gasta só em despesas de deslocação (metro, autocarro) para que as auxiliares de serviços gerais possam saltitar de poiso em poiso, distribuindo documentação que, provavelmente, já só chega ao destino bastante tarde. Sem falar do tempo despendido: estas funcionárias poderiam estar a fazer algo bem melhor do que a percorrer km. Pelo menos, a Câmara tem funcionários saudáveis que nem sequer precisam de pagar ginásio! 

publicado por bloguedereclamacoes às 20:44
sinto-me: Cansada

18
Jul 08

Como tantos outros, estou desempregada (por isso é que tenho tempo para este blogue!). Entre enviar CV, ir a entrevistas, telefonar para saber respostas,  gastar dinheiro em deslocações e estadias (pois ando a procurar por todo o país), chega-se à conclusão que é preciso ser-se rico para procurar emprego.

 

Enquanto faço isto, pensei em fazer voluntariado na minha área de modo a, pelo menos, ganhar experiência. Não seria a tempo inteiro, pois também não concordo com os abusos de muitas empresas que querem jovens a estagiar de borla ou em regime de voluntariado com todos os deveres de funcionários com contrato. Direitos, claro está, não existem! Infelizmente, a necessidade é muita, daí alguns se sujeitarem a estas condições em troca da experiência. Contudo, a verdade é que, se ninguém o fizesse a tempo inteiro, as empresas seriam obrigadas a contratar.

 

Com esta ideia em mente de fazer voluntariado por algumas horas e nalguns dias da semana, senti-me confiante que rapidamente encontraria um local, pois não me parece sensato desperdiçar um recurso humano que se preste a trabalhar de borla. No entanto, estava bem enganada. Deparei-me com burocracias, instituições que não me podiam ter como voluntária pois não tinham pessoal para me delegar tarefas e até mesmo departamentos que teriam que perguntar a outros departamentos, que por sua vez teriam que perguntar a outros departamentos, se eu poderia fazer o voluntariado. Bolas, até para trabalhar de graça é difícil!!! É assim tão complicado deixar que uma pessoa contribua com os seus conhecimentos? É assim tão complicado deixar uma jovem empenhada ganhar alguma experiência? Não há instituições que se queixam da falta de pessoal? Então como deixam escapar pessoas com vontade de trabalhar??? Mas que complicados!!!!

publicado por bloguedereclamacoes às 13:31
sinto-me: Estupefacta
música: No reino da bicharada - Rita Lee

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2008

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO